sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

É madrugada, Paulo Leminski!!!



I. PARA LER:

Quarenta clics em Curitiba. Poesia e fotografia, com o fotógrafo Jack Pires.

Curitiba, Etecetera, 1976. (2ª edição Secretaria de Estado Cultura, Curitiba, 1990.) n.p.

Polonaises. Curitiba, Ed. do Autor, 1980. n.p.

Não fosse isso e era menos/ não fosse tanto e era quase. Curitiba, Zap, 1980. n.p.

Tripas. Curitiba, Ed. do Autor, 1980.

Caprichos e relaxos. São Paulo, Brasiliense, 1983. 154p.

e Ruiz, Alice. Hai Tropikais. Ouro Preto, Fundo Cultural de Ouro Preto, 1985. n.p.

Um milhão de coisas. São Paulo, Brasiliense, 1985. 6p.

Caprichos e relaxos. São Paulo, Círculo do Livro, 1987. 154p.

Distraídos Venceremos. São Paulo, Brasiliense, 1987. 133p. (5ª edição 1995)

La vie en close. São Paulo, Brasiliense, 1991.

Winterverno (com desenhos de João Virmond). Fundação Cultural de Curitiba, Curitiba, 1994. (2ª edição publicada pela Iluminuras, 2001. 80p.)

Szórakozott Gyozelmunk (Nossa Senhora Distraída) - Distraídos venceremos, tradução de Zoltán Egressy, Coletânea organizada por Pál Ferenc. Hungria, ed. Kráter, 1994. n.p.

O ex-estranho. Iluminuras, São Paulo, 1996.

Melhores poemas de Paulo Leminski. (seleção Fréd Góes) Global, São Paulo, 1996.

Aviso aos náufragos. Coletânea organizada e traduzida por Rodolfo Mata. Coyoacán - México, Eldorado Ediciones, 1997. n.p.

II. PARA OUVIR:

(baixar o áudio do cd)

Um comentário:

Tadeu Rocha disse...

Luciana,
Feliz Natal pra ti e para todos seus familiares e amigos. E para 2011 te desejo um FELIZ TUDO!!!