domingo, 29 de agosto de 2010

Luz de Riso - Luciana Cavalcanti


I

É luz o que emana do riso.
Cada luz acesa sempre
que a gente se ri...

Amar é reluzir-se
a semear estrelas.

Estrelas são alegrias
que o peito da gente
não guarda pra si.

II

Por todo riso,
e toda luz.
Por este amor
que, urgente,
multiplicar-se precisa,
rio-me e ilumino-me,
amando amar, Luiza!


Observe-se: Existe coisa mais maior de grande que o riso desta gente pequeneninha?!? Êta, nóis...! Risada gostosa de AnaLú, Lulu, minha afilhada...!

Um comentário: