segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Inesquecível...

O livro esquecido
a necessidade, lembrada,
de trazer as palavras
ao convívio
de tua reflexão noturna.

O livro, no banco do táxi,
talvez agora,
nas mãos de novo leitor,
refaça a dádiva de encontro,
entrega dum ser noutro ser...
o livro esquecido já não se esquece!


[ luciana cavalcanti, e era novembro de um distante, sim!, distante!, 2008... ]

Nenhum comentário: