quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Aonde está o Amor?


Se me é negado o amor 

Rabindranath Tagore

Se me é negado o amor, por que, então, amanhece;
por que sussurra o vento do sul entre as folhas recém nascidas?
Se me é negado o amor, por que, então,
A noite entristece com nostálgico silêncio as estrelas?
E por que este desatinado coração continua,
Esperançado e louco, olhando o mar infinito?

Um comentário:

Anônimo disse...

Eu acompanho Tagore por todos os lugares (que consigo...)
E que boa surpresa encontrá-lo por aqui, Tia Lu.
Também aprecio Tagore.
O "Poesia Mística" é meu livro de todo minuto :-)
Beijão
Joanna Lessa
"O arco sussurra à flecha antes de atirá-la: 'Tua liberdade me pertence'." (Rabindranath Tagore)