segunda-feira, 21 de junho de 2010

Diálogos...

Recebi, por e-mail, questões levantadas pelo pedagogo (e amigo) Edelson Albuquerque Júnior sobre as recentes tragédias ocorridas no Estado de Pernambuco. São questões que merecem reflexão nossa. São também questões que carecem de respostas em mobilização política e, para além da solidariedade, de indignação. É preciso transformar o que já ninguém mais quer engolir...! Assim escreve o amigo Edelson:
 
Prezados/as,

Quem vai se responsabilizar pelo estado no qual encontram-se várias cidades do Estado de Pernambuco, assim como algumas regiões na cidade do Recife?

Até quando as fortes/longas chuvas vão ser impostas como culpadas dessas tragédias que se repetem a cada ano em nosso Estado?

Quem são as pessoas que estão sofrendo diretamente com essa situação e quem deveria evitá-la?

Até quando vamos ter que manter uma estrutura mafiosa de sociedade que sobrevive de nosso sangue, e que faz das tragédias apenas mais um fato?
--
Um forte braço!
Viva a PRÁXIS!
Edelson.

Nenhum comentário: