sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Memórias...


Histórias de canções: "Cantiga por Luciana"
Parte inferior do formulário
  A dupla Edmundo Souto e Paulinho Tapajós ganhou o primeiro lugar no IV Festival Internacional da Canção com a doce “Cantiga por Luciana”, superando a colocação de “Andança”, que fizeram (com Danilo Caymmi) para o FIC de 1968.
Embora sem a força do sucesso anterior (lembra um pouco o adágio da toada “Cinderela”, de Adelino Moreira), a composição encanta pela singeleza do tema, que lhe dá um clima de canção infantil: “Luciana, Luciana / sorriso de menina dos olhos de mar / Luciana, Luciana / abrace esta cantiga por onde passar.”
Esse clima é realçado pela interpretação da cantora Eva (Eva Correia José Maria), que a gravou e defendeu no festival. Integrante do Trio Esperança, Evinha iniciou uma bem-sucedida carreira solo a partir dessa gravação. 
_________________________________________________



Outra história, da mesma canção...
Esta foi a música que, ouvida por meus pais e minha irmã, me deu o nome. 
Devo ter passado uns vinte sem escutá-la. Hoje, baixei um arquivo onde Evinha a canta, a melodia é, de fato, muito bonita: singela, suave, quase infantil... Acho que devo agradecer meus pais ter uma origem tão bela para o nome que carrego.



Cantiga por Luciana (valsa, 1969)
(Edmundo Souto e Paulinho Tapajós)


Manhã no peito de um cantor
Cansado de esperar só
Foi tanto tempo que nem sei
Das tardes tão vazias por onde andei

Luciana,Luciana
Sorriso de menina
Nos olhos de mar

Luciana,      Luciana
Abrace essa cantiga
Por onde passar

Nasceu na paz de um beijo-flor
Um verso em voz de amor já
Despontam os olhos da manhã
Pedaços de uma vida que abriu-se em flor
Luciana...

Nenhum comentário: