sábado, 9 de janeiro de 2010

Iremar Marinho

O barqueiro

Iremar Marinho

Sei o perigo que corres, Caronte.
Sei o inevitável do Aqueronte.

Não sei como te salvar.

Um dia não retornarás
do inferno-porto.

Dante perde para sempre Beatriz.

Um comentário:

Bestiário Alagoano - Iremar Marinho disse...

Luciana, parabéns pelo seu blog,
onde me encontro, navegando!
Sou grato por reproduzir aqui O Barqueiro!
Visite o meu Bestiário da Imprensa, no Tudo Global

Iremar Marinho