quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Máscaras



Perder-te e, no entanto,
encontrar-me nas mentiras
que já não me minto
de, tão fácil,
entregar-me
ao amor que não sinto.



(Poema em Fevereiro de 2007, quase-carnaval - Recife: Várzea do Capibaribe)

Nenhum comentário: