segunda-feira, 2 de novembro de 2009

trocando letra


Em diagnóstico apressado,
foi por uma sílaba
que errou,
a meu respeito,
a cientista:
não tenho transtornos de humor.
Desde menina
deixa-me transtornada, ensandecida,
somente o amor...

[coisa de "agora", evidentemente...]

Nenhum comentário: