terça-feira, 10 de novembro de 2009

Poesia na Garganta...

Tenho um perfil no Site Garganta da Serpente. Lá constam crônicas e poemas meus... Além de ter sido lá mesmo que criei para mim o codinome (já que "heterônimo" é coisa muito alta...! Coisa de Pessoa!) de "Luciana Amâncio" que explico assim:


Luciana Amâncio

De cartório, o meu nome não traz este "Amâncio"... Luciana, sim, pela música, ouvida, que comovera uma mulher grávida: minha mãe. Amâncio veio, para o meu nome, depois, pela História (Memória!) de família - quis homenagem e presença das raízes e matrizes de minha vida, de minha história vivida, escrita, re-escrita, (re)inventada. Isto. De mesmo, professora de História - primeiro - porque amante de histórias. Professora de Filosofia da Educação, por hora: ad-mirando o Mundo e as gentes; encantada do/com o Mundo, carrego poesia e procuro palavras. Somadas, as coisas feitas, todas, caminham para a mistura completa: Poesia e Educação... Pertinentes e semelhantes, tarefas de quem sonha e ama.

Um comentário:

Poeta Carlos Maia disse...

Vai nesse teu sonho, minha linda, tecendo quintais nas nossas infâncias repletas de magia!

Vai nesse teu sonho, educadora de seres integrais, unindo o espírito à matéria, ensinando fraternidade, doação, amor, solidariedade!!!

Beijo Grande!