domingo, 13 de abril de 2008

sinto muito
eu sinto tanto
e mais é sentido
o que não digo
o adeus anunciado
nas curvas
da mão estendida
mas a alma não tem curva,
nem o amor, sentido.

Nenhum comentário: