quarta-feira, 6 de dezembro de 2006

Mas não vou me abster de Coca-Cola...



Eu já publiquei este poema aqui?!? Nãooooo????? Siiiimmmm?!? Qual é...?!? Não lembro...! Mas vale lembrar versos cunhados com cuidado cirúrgico - para falar sobre um tema muito complexo: eu mesma... E eu não vou renunciar à Coca-cola. Nem à Cerveja(s). Nem ao Café...!



Diagnóstico

Sofro quando amo.
Sofro quando não amo.
Sofro pelo simples ato
de pensar o que seja o amor.

Sofro o passado morto.
Sofro o presente insípido.
Sofro o futuro incerto
e a agonia de sentir o tempo.

Sofro gastrite crônica
e detesto tomar remédios.
Sofro desgaste de ser
alguém que ama
e desama,
alguém que pensa
e reclama,
alguém que passa,
como tudo,
mas recusa-se a morrer!
_____________________
05.nov.2001 – Luciana
----------------------------------------------------------------------------------
Tela de Cícero Dias, "Janela"
coletivo (?!?) de autores: http://entortandolinhas.blogspot.com

Nenhum comentário: